Volkswagen Saveiro ganha cara de picapona na linha 2017

Sem mudar de geração, ela se descola mais dos irmãos Gol e Voyage na linha 2017. O visual, principalmente da frente, fica alinhado ao de utilitários da Volkswagen, como a picape Amarok e os SUVs Tiguan e Touareg.

Além disso, há nova divisão de versães. Como na linha anterior, a Saveiro tem opção para trabalho (Robust, com caçamba maior), uso misto (Trend, com cabine estendida ou dupla), urbana (Highline, só com cabine dupla) e aventureira (Cross, com cabine estendida ou dupla e motor 1.6 MSI de 120 cv).

Da mesma forma, a Saveiro passa a usar freios a disco nas quatro rodas, algo que nem Gol, Voyage, up! e Fox entregam, para oferecer condução mais segura.

Lado ruim: a Volkswagen abre mão da competitividade ao alinhar seus preços aos da rival Fiat Strada. Seria bom ver uma briga real pela vaga da garagem do comprador.

Da mesma forma, as versães mais caras da Saveiro se alinham aos preços das novas picapes compactas-médias Renault Oroch (Cross) e Fiat Toro (Cross cabine dupla com todos os opcionais).

FONTE UOL