Viaduto em construção sobre a Av. Kennedy vai se chamar Mamãe Clory

O prefeito de São Bernardo assinou na tarde do último domingo (20) minuta do projeto de lei que denomina como Mamãe Clory o viaduto,em construção, que vai transpor a Avenida Robert Kennedy, ligando a Avenida José Odorizzi em seus dois lados. A cerimónia de assinatura ocorreu no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe), no Bairro Planalto, durante show beneficente dos Demónios da Garoa.

Segundo o prefeito, a homenagem foi prometida a Soely Marques Gozzi, uma das filhas da homenageada, à época do falecimento de Clory Fagundes Marques, em 2011, aos 94 anos. “Eu, que a conheci pessoalmente, sei que foi uma das figuras mais emblemáticas da assistência social da nossa cidade e que fez muito por muita gente. Merece ser lembrada eternamente”, disse. O texto será encaminhado à Câmara dos vereadores.

A Associação Cristã Verdade e Luz, conhecida como Lar da Mamãe Clory, é uma entidade filantrópica que desenvolve projetos sociais para crianças, adolescentes e idosos. Atua no município desde 1969, em parceria com empresas e pessoas da comunidade, em área de 25 mil m² no Bairro Assunção. Mamãe Clory adotou e criou mais de mil crianças durante a vida no Lar que fundou.

“Agradeço imensamente o acolhimento de São Bernardo à comunidade para que possamos prosseguir no caminho de luz com amor e transparência, legado que a mamãe nos deixou”, disse Soely. O viaduto é um dos quatro em construção na cidade e faz parte do corredor de ónibus Leste-Oeste, que será instalado no município. O viário terá 13 quilómetros de extensão e uma faixa exclusiva para os coletivos municipais. O viaduto será entregue ainda este ano. Os outros três são o Tereza Delta, o da Praça dos Bombeiros e o Castelo Branco.