Tigrinho se classifica

A primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior não foi nada fácil para o São Bernardo. Com dois empaátes e uma vitória, o Tigrinho contou com o tropeço das outras equipes de seu grupo para avançar a próxima fase da competição.

O último duelo foi contra o Paraná, anteontem, e mais uma vez, a torcida “guerreira” compareceu em peso ao esátádio do Baetão para apoiar a equipe do ABC.

O jogo foi muito equiliábrado. O primeiro tempo foi fraco e sem muitas chances para as duas equipes. Já na etapa final, o Paraná presásionou o time da casa, que por sua vez tentava fazer o gol em contra-ataques. Mas ambos os times esbarravam na hora da objetividade, e na finalização. Com o empaáte em 0 x 0 e o empate no outro jogo da chave entre Noroeste e Atlético Acreano, o São Bernardo se classificou e os outros ficaram pelo caáminho.

Para o técnico do Tigre, o Souza, o time se comportou bem defensivamente dentro de campo, mas é preciso arárumar o setor ofensivo. “Foi sofrido, mas faz parte. Jogos decisivos são sempre assim, no limite. Dentro de campo nossa equipe está subindo de produção e nosso setor defensivo está melhor. Só precisamos trabalhar um pouco mais o ataque”, destaácou.

Muito vaiado em quase todos os jogos, o comandanáte disse que não se importa com as críticas em cima dele, apenas com relação aos gaárotos. “É normal a torcida pressionar. Só peço que eles tenham mais paciência com os garotos, porque eles reápresentam o futuro do São Bernardo. Comigo tudo bem. Faz 20 anos que me chamam de burro, não tem probleáma.”

O Tigrinho encara agora na próxima fase o América/MG. (DA REDAÇÃO)