SP recebe Lollapalooza

A segunda edição brasileira do Lollapalooza inicia nesta sexta (29) e segue até o domingo (31) no Jockey Club de São Paulo. Durante os três dias, mais de 60 grupos vão dividir os cinco palcos montados para o festival equivalentes a mais de 22 campos de futebol. Além dos concertos, bares, restaurantes, áreas de descanso, roda gigante e cabine fotográfica fazem parte dos serviços e atividades que o festival proporciona ao público presente.

Depois do sucesso de 2012, o Lolla fundado pelo líder da banda Jane”s Addiction, Perry Farrell, traz para a edição deste ano a adição de mais um dia ao evento e também Pearl Jam, The Killers, The Black Keys, deadmau5, Queens Of The Stone Age e Planet Hemp como headliners para este ano. Nesta sexta (29), a banda norte-americana The Killers é um das atraçães mais esperadas com o seu novo álbum Battle Born. Além disso, se apresentam também o grupo Deadmau5 mostrando o que há de melhor no house progressivo e dubstep, The Temper (conhecidos pela trilha sonora de 500 dias com Ela), o indie dos Of Monsters And Men, a baiana Pitty com o projeto Agridoce, os curitibanos do Copacabana Club, Boss In Drama, Perrosky e Bruno Barudi. Já no sábado (30), o grupo indie de rock The Black Keys e as bandas Alabama Shakes e Zeds Dead tocarão pela primeira vez nos palcos brasileiros. Os escoceses Franz Ferdinand, que se apresentam no Recife nesta quinta (28) no Baile Perfumado, às 21h, e o brasileiro Criolo completam a programação do dia entre outras atraçães. Finalizando o Lollapalooza no domingo (31), um dos ícones do rock sobe ao palco do festival pela primeira vez, o Pearl Jam. E com passagem única por São Paulo, os brasileiros do Planet Hemp, encabeçados pelo cantor Marcelo D2, fazem parte entre outros músicos do line up da última noite do Lolla. Os ingressos para o Lollapalooza estão à venda no próprio site do festival, na bilheteria oficial do Jockey Club de São Paulo e nas Lojas Chilli Beans da terra da garoa. Os valores variam entre R$ 175 e R$ 990.