Sebrae oferece 50 mil vagas em cursos para capacitar MEIs contra crise

Os 81 mil microempreendedores individuais ( MEIs ) do ABC agora podem contar com um programa voltado ao aperfeiçoamento profissional e desenvolvimento de seus negócios.

Lançado pelo escritório paulista do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-SP), o Super MEI vai oferecer capacitação para o empreendedor enfrentar o atual momento de crise económica de forma mais competitiva. O programa é composto de quatro etapas: formalização para quem ainda não está regularizado; cursos de gestão (controle financeiro e vendas) com duração de oito horas; formação técnica de 20 a 50 horas em instituiçães técnicas parceiras; e acesso ao mercado por meio de aplicativo e portal nos quais poderá oferecer seus produtos e serviços. Se fossem pagos pelo empreendedor, os cursos oferecidos gratuitamente pelo Super MEI custariam de R$ 300 a R$ 1 mil.

O programa prevê mais de 160 cursos em 18 segmentos, oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e pelas unidades do Centro Paula Souza, órgão do governo paulista que administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas Estaduais (Etecs). Nos próximos 12 meses, o programa vai disponibilizar 50 mil vagas aos MEIs, com investimento do Sebrae-SP de cerca de R$ 25 milhães.

As inscriçães para o Super MEI podem ser feitas pelo site supermei.sebraesp.com.br, pela central de atendimento e nos escritórios regionais do Sebrae-SP. O de Santo André está situado na Rua Cel. Fernando Prestes, 47, Centro.