São Caetano terá exposição sobre Holocausto em junho

O Holocausto, uma das passagens mais terríveis da história da humanidade, vai ganhar uma grande exposição em São Caetano do Sul no próximo mês. O Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação (Cecape) Dra. Zilda Arns (Rua Tapajós, 300, Bairro Barcelona) receberá de 2 a 30 de junho as instalaçães da mostra Jamais Esquecidos …− Holocausto. A entrada é gratuita e o horário de visitação será das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 12h às 16h, aos sábados. Perpetrado durante a Segunda Guerra Mundial, o assassinato de 6 milhães de judeus pela Alemanha nazista é o tema da exposição que conta com dezenas de imagens, vídeos, músicas, textos, objetos e instalaçães.

Ela reproduz o ambiente dos campos de concentração e extermínio construídos pelos nazistas em diversos locais da Europa para executar judeus, inimigos políticos, homossexuais, ciganos e integrantes de outras minorias perseguidas por questães étnicas. O principal objetivo da exposição Jamais Esquecidos …− Holocausto é ensinar a história do extermínio de judeus de uma forma diferenciada para adolescentes a partir dos 12 anos e também para os adultos. A mostra busca estimular nos visitantes a reflexão sobre a necessidade de convivência pacífica entre as pessoas diante de diferenças étnicas, religiosas, políticas e de nacionalidade, entre outras. “Ao mesmo tempo em que se mostra um ambiente de terríveis acontecimentos, a exposição retrata a capacidade de superação do ser humano”, explica Luiz Rampazzo, diretor-executivo da Special Books, responsável pela exposição. “Nós buscamos deixar no final uma mensagem de esperança e a constante luta contra qualquer forma de discriminação”, conclui.