Salgado estende Ficha Limpa

O projeto que procura adequar a Lei Orgânica de São Caetano à Lei da Ficha Limpa nacional, do vereador Jorge Salgado (PTB), saiu do papel depois de enfrentar algumas dificuldades na Câmara, e ter ficado em pauta desde o mês de maio.

Aprovada por unanimidade a proposta de emenda prevê que os cargos comissionados e concursados, do Executivo e do Legislativo, sejam preenchidos por pessoas que não tenham problemas com a Justiça. A proposta do vereador também alcança todos os contratos da prefeitura com instituiçães privadas e sem fins lucrativos. Segundo o vereador petebista e inspiração veio na proposta de Emenda à Constituição Estadual do deputado Orlando Morando (PSDB), aprovada recentemente pela Assembleia Legislativa, que ampliou os poderes da Ficha Limpa aos três poderes do território paulista. Na mesma tendência a AL do Estado do Rio de Janeiro aprovou por unanimidade proposta de Emenda à Constituição, que institui a Lei da Ficha Limpa para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).