Saiba mais sobre a identidade digital

identidade digital

A digitalização de produtos e serviços tornou-se uma realidade que até recentemente parecia distante. Com o rápido avanço das tecnologias, quem perdeu essa nova necessidade da sociedade acabou perdendo espaço. O mesmo aconteceu com o governo federal, que se viu nesse contexto e começou a desenvolver aplicativos para centralizar os principais documentos de seus cidadãos.

O que é a identidade digital?

Uma identidade digital é uma representação de informações sobre uma pessoa ou empresa, organização, comércio no universo virtual. Pode incluir registros de informações históricas como nome, endereço; ou pode ser biométrico, ou seja, apresentar registros das características físicas das pessoas como meio de identificá-las de forma única, ou seja, provar que você é quem diz ser.

Assim, as identidades digitais contêm um conjunto de atualizações organizadas e codificadas por mídia digital que aumentam a segurança e reduzem o custo e o risco de roubo de identidade, fraude e fraude.

No entanto, a identidade digital não substituirá as impressas, será possível usá-las e elas permanecerão válidas. A ideia é realmente agrupar todos eles em um só lugar para facilitar a visualização dos documentos. Nesse processo, a Identidade Digital utilizará o CPF da pessoa como um número único de identificação, tornando o processo mais completo e simplificado, já que hoje em dia uma pessoa pode ter muitos documentos, dependendo de sua situação.

Como a identidade digital é útil?

Autenticação

Os documentos de identidade digital são uma importante ferramenta para proporcionar maior autenticação e segurança no processo entre as pessoas e as ferramentas tecnológicas. Desta forma torna-se possível verificar e bloquear a falsificação de documentos e identidades. Isto é, será muito mais difícil para indivíduos mal-intencionados fazerem fraudes em seu nome ou em nome de sua empresa.

Redução da burocracia

A redução da burocracia é uma grande vantagem e maior benefício do processo geral de identidade digital. Assim você não precisa gastar dinheiro com impressão de documentos, reconhecimento de firma ou envio de arquivos. Tudo isso é feito digitalmente.

Sustentabilidade

Outro ponto importante a ser mencionado é que a identidade digital é mais sustentável. Afinal, o processo digital dispensa o uso de papel. Isso pode parecer trivial,  apenas algumas folhas de papel, mas somando aos empregos em empresas, cópias de documentos e tudo mais, a identidade digital pode significar muita economia de papel.

Proteção antifraude

Além da simplicidade e facilidade de acesso aos serviços, outra peça-chave da identidade digital é a segurança que esta tecnologia oferece. Por exemplo, essa inovação requer vários fatores de autenticação para provar que uma pessoa realmente tem acesso a um documento.

Essas autenticações podem ser feitas de várias maneiras, por exemplo, lendo dados biométricos. leitura facial ou mesmo códigos QR dinâmicos gerados por identidade digital para autenticação.

Unindo vários documentos

E por último, mas não menos importante, a principal vantagem desta inovação: a junção de vários documentos num só. Assim, todos os documentos que você precisa levar na carteira estão todos em um só lugar: no seu smartphone.

Isso mantém você ágil e prático no seu dia a dia, pois você não precisa se preocupar em carregar todos os seus documentos com você e possivelmente perdê-los. Dessa forma, você pode acessar facilmente tudo o que precisa simplesmente carregando seu smartphone.

Quais serão os documentos presentes na identidade digital?

A Identidade Digital (DNI) oferece coleta em um só lugar e em formato digital todos os documentos que comprovem a identidade de um cidadão. Isso compreende documentos importantes como:

  • Registro Geral (RG);
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento;
  • Título de eleitor.

Além disso, o documento digital deve conter outras informações importantes como o tipo sanguíneo do cidadão, se tem uma reação alérgica grave ou se é um doador de órgãos. Algumas pessoas carregam essas informações em suas carteiras com documentos físicos. Mas esta é apenas uma pequena parte da população. Assim, incluir essas informações no seu RG será muito útil também para atendimento médico e de emergência.

Como funciona a identificação digital?

É necessário baixar o aplicativo na Play Store ou na App Store, quando disponível, e se registrar usando o leitor biométrico ou uma senha de 6 dígitos. Após esse cadastro, o sistema notificará um posto de atendimento próximo à sua residência para a coleta de dados biométricos e fotográficos, caso ainda não o tenha feito em algum momento.

Vale ressaltar que, segundo a Justiça Eleitoral, mais de 90 milhões de brasileiros já possuem esse registro, pois foram feitas campanhas nas últimas eleições para incentivar os brasileiros a fazer a mudança. Ao final de todo o procedimento, é criado um novo número de 9 dígitos, que é o DNI (documento Nacional de Identificação).

Para que a identidade digital pode ser usada?

Voto

Tal como já é possível com o e-Título, será possível votar nas eleições autárquicas e nacionais com a identidade digital, sem necessidade de apresentar o registo eleitoral em versão física, em papel. Isso significará agilidade e também será uma possível solução em caso de perda ou extravio deste documento.

Fazer cadastros

Dependendo do cadastro, muitas vezes são exigidos documentos além do que já sabemos como RG e CPF. Será possível ter todos os outros números no mesmo local e apresentá-los no pedido se solicitado. Registro em bancos, escritórios e outros locais será mais fácil e rápido.

Viagens

Você não precisa mostrar seu passaporte à viagem pelo Brasil ou pelos países do Mercosul. Um RG é suficiente. Com a identidade digital, o processo de check-in para viagens aéreas será muito mais rápido e seguro, já que a possibilidade de fraude é quase inexistente.

Outro ponto positivo é que a identidade digital não sofre desgaste, problema muito comum com documentos em papel, que podem ficar rasgados ou manchados.

Levar menos documentos

Como os documentos mais importantes estarão no mesmo aplicativo móvel, o problema de andar com a carteira cheia também será eliminado. Isso significa melhorias significativas não apenas em termos de conforto, mas também em caso de roubo e perda. Hoje em dia, o processo de emissão de novos documentos é uma tarefa governamental e demorada, e esse é um tempo que pouquíssimas pessoas têm.

 

Fonte: https://www.combateafraude.com/post/documento-de-identidade-digital-dni

Marcações: