Saiba como funciona o controle de estabilidade

Conhecido pelas siglas ESP ou ESC (clique aqui e conheça o dicionário automotivo), o controle de estabilidade é um comando eletrónico que atua diretamente em conjunto com o sistema antitravamento de freios (ABS) para corrigir escorregães ou derrapadas do veículo, causados por frenagens acentuadas demais ou pelo “exagero” do motorista ao volante.

Ele recoloca o carro na trajetória, impedindo saidas ou invasães de pista e até mesmo capotamentos, após a perda de controle por parte do condutor.

Apesar da importância, apenas no final do ano passado, o Denatran (que regula leis e regras para trânsito nacional) e a Anfavea (que reune fabricantes de carros) decidiram que o equipamento deverá se tornar obrigatório em carros feitos no país. E mesmo assim, só a partir de 2022.

O Latin NCAP considera o controle de estabilidade item obrigatório para que um carro conquiste cinco estrelas no teste de segurança.

Por conta disso, a Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) está em campanha para que o sistema seja adotado imediatamente em todos os novos carros de passeio vendidos no Brasil.