PRTB define espaço nos governos de Diadema e Rio Grande

O coordenador do PRTB na macrorregião ABC, Marcos Thomazini, deve definir nos próximos dias a participação do partido nos governos de Rio Grande da Serra e Diadema. A legenda já declarou apoio ao projeto de reeleição dos dois prefeitos, Luiz Gabriel da Silveira, o Gabriel Maranhão (PSDB) e Lauro Michels (PV), respectivamente. “Não sei de qual tamanho vai ser (a participação). Vamos conversar sobre isso. Porém, fomos mais incisivo”, afirmou.

Thomazini relatou que não existe a obrigação dos prefeitos em ofertar os cargos, mas afirmou que em toda parceria é esperada a possibilidade de trabalhar juntos. “Nas duas cidades temos grupos bons, de pessoas de peso e não faz sentido o partido estar junto com o governo e essas pessoas não contribuírem”, destacou. “É isso que colabora para o crescimento do partido. Um bom trabalho deixa a marca da legenda”, completou.

O coordenador destacou que, em outras ocasiães, o PRTB deu apoio a candidatos que, quando eleitos, não lembraram do trabalho realizado durante a campanha. “A gente aprende. Você quer apoio do partido, eu tenho um grupo, esse grupo precisa ser ativo na cidade”, reiterou. Segundo o dirigente, independentemente das secretarias onde seja possível atuar, o partido tem pessoal técnico qualificado no seu quadro de filiados. Em Diadema, especificamente, o PRTB deve dar apoio ao prefeito, mas não deve entrar na coligação. “Temos condiçães de concorrer com chapa completa a vereadores. Essa questão tem de ser avaliada em casa cidade, considerando suas peculiaridades”, ressaltou. Ainda que tenham decidido neste primeiro momento não realizar coligaçães, Thomazini afirmou que essa definição também é passível de discussão. “Pode aparecer uma boa proposta, interessante para todos, e então coligamos”, definiu.

Outras cidades Apenas em São Caetano o partido está lançando candidato majoritário. A pré-candidata é a vice-prefeita Lucia Dal”mas, que rompeu logo após a eleição com o prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). Em São Bernardo o apoio será para o deputado estadual Orlando Morando (PSDB); em Santo André para o ex-secretário de Mobilidade Urbana Paulinho Serra (PSDB) e em Ribeirão Pires para o ex-prefeito de Rio Grande da Serra, Adler Teixeira, o Kiko (PSB). Apenas em Mauá o partido ainda não definiu sua estratégia. “Inicialmente havia expectativa de conversa com o (deputado estadual) Átila Jacomussi (PCdoB), mas não se confirmou. Tem a (deputada estadual) Vanessa Damo (PMDB) e o Clóvis Volpi (PSDB), mas nada ainda muito certo. Avaliamos que neste momento não existe um ambiente favorável e atrativo para o PRTB”, concluiu.