Saiba mais sobre as olímpiadas de inverno!

olímpiadas de inverno

As olimpíadas de inverno, também chamadas Jogos Olímpicos de Inverno, são eventos esportivos realizados a cada quatro anos e incluem esportes de inverno no gelo e na neve. São consideradas um dos eventos mais importantes do movimento olímpico ao lado dos Jogos Olímpicos de Verão.

Os Jogos de Inverno mudaram muito desde a sua criação. O surgimento da televisão como meio de comunicação global aumentou a importância das olimpíadas. A venda dos direitos de transmissão e publicidade também criou um fluxo de receita que se tornou lucrativo. Isso permite que interesses externos, como emissoras e contribuidores, influenciem o jogo.

O COI (Comitê Olímpico Internacional) teve que reagir a várias críticas e escândalos internos, bem como ao uso de drogas para melhorar o desempenho por atletas, e a um boicote político das Olimpíadas de Inverno. As nações também usam os Jogos de Inverno para demonstrar a suposta superioridade de seus sistemas políticos.

Os Estados Unidos sediaram o torneio quatro vezes, mais do que qualquer outro país. Em seguida vem a França, com três edições. No total, dez países já receberam as olimpíadas de inverno.

Como iniciaram as olimpíadas de inverno?

Após o nascimento dos Jogos Olímpicos modernos em 1896, as olimpíadas de inverno enfrentaram forças geopolíticas e passaram por inúmeras dificuldades e se tornou o que é hoje ao conquistar seu lugar no mundo esportivo mundial somente após quase 30 anos.

Os Jogos Nórdicos são considerados os precursores do evento que deu origem as olimpíadas de inverno. Esses jogos foram realizados entre 1901 e 1926, e organizados pelo governo sueco no âmbito da Associação Central para o promoção do esporte, e por um dos cinco membros originais do COI.

Este trabalho dedicado exclusivamente ao campo de gelo e neve causou uma onda de entusiasmo misto entre o governo na época devido aos requisitos de clima frio e ao alto custo adicional do equipamento. Isso acabava limitando os países e atletas que podem participar, e são problemas enfrentados pelas olimpíadas de inverno até hoje.

Originalmente chamados Winter Sports Week (semana de esportes de inverno), os primeiros Jogos Olímpicos de Inverno foram realizados na cidade alpina francesa de Chamonix em 1924, onde apenas 16 esportes e 250 atletas de 16 países competiram.

Sem o evento catastrófico da Primeira Guerra Mundial, que desencadeou um rastro de desolação econômica e demográfica em toda a Europa, as olimpíadas de inverno poderiam ter ocorrido muito mais cedo, pois a proposta de um evento separado foi apresentada pela primeira vez pelo COI em 1912.

No entanto, a Suécia se opôs fortemente, pois já oferecia seus Jogos Nórdicos a cada 4 anos, com uma proposta muito semelhante à proposta pelo comité. Então, essa ideia foi descartada. Durante os Jogos de Verão de 1916 em Berlim, a Alemanha tentou novamente algo como os Jogos Olímpicos de Inverno, mas a Primeira Guerra Mundial derrubou os planos para ambos os eventos.

Em 1920, nos Jogos Olímpicos de Verão em Antuérpia (Bélgica), esportes como hóquei no gelo e patinação artística foram adicionados pela primeira vez.

No entanto, apenas quatro anos depois, o COI decidiu criar outro evento e auferiu sucesso. Esta é uma revisão retrospectiva dos Jogos Olímpicos de Inverno de Chamonix como a primeira edição das olimpíadas de inverno.

Quais são as atuais modalidades esportivas das olimpíadas de inverno?

O Artigo 6 da carta Olímpica de 2007 define os esportes de inverno como “esportes aplicados na neve ou no gelo”. Ao longo dos anos, o número de esportes e eventos nas olimpíada de inverno aumentou. Houve também esportes de demonstração que ocorreram durante o torneio, mas não foram premiados com medalhas.

Portanto, os atuais esportes presentes nas olimpíadas de inverno são:

  • Biatlo: Prova em que o atleta caminha com esquis sobre a neve, parando em alguns momentos para atirar. Trata-se, portanto, de duas modalidades combinadas;
  • Bobsleigh: Prova em dupla ou coletiva, em grupo de quatro pessoas que descem uma pista de gelo em um carro que desliza por meio de lâminas, de aparência semelhante a um trenó;
  • Bobsleigh Skeleton: Prova individual em que o atleta empurra o seu carrinho (trenó) durante 25 metros, para impulsioná-lo;
  • Curling: Disputado em dois grupos de quatro pessoas, em que uma delas lança oito pedras de granito. O lançamento é intercalado entre às duas equipes. É vencedor o time que conseguir manter uma de suas peças mais próxima do alvo;
  • Hóquei no gelo: uma disputa entre duas equipes que se movimentam sobre patins em uma pista de gelo. Cada um dos atletas usa um taco e o objetivo é acertar o disco no gol adversário;
  • Luge: Nessa modalidade, o atleta se deita no carrinho e o guia com movimentos de tronco e das pernas. A largada é feita na posição sentada e o movimento se inicia com o auxílio dos membros superiores;
  • Combinado nórdico: Prova que une salto e corrida, ambos com esqui. O atleta que conseguir a melhor marca no salto fica mais bem posicionado para a saída na disputa de velocidade.
  • Esqui estilo livre: nessa prova, o atleta deve descer esquiando uma pista construída em local que favoreça formações na neve a partir do movimento dos esquis. Para isso, ele deve executar a prova em menor tempo possível e realizar, durante o percurso, dois movimentos acrobáticos;
  • Esqui saltos: cada atleta salta de uma plataforma, cujo objetivo é atingir a maior distância possível, levando em consideração também o estilo do salto. Cada atleta salta duas vezes;
  • Esqui Alpino: Essa prova é basicamente uma descida de montanha sobre esquis. Vence a prova quem desviar dos obstáculos e cumprir o percurso em menor tempo;
  • Esqui Cross-Contry: Dependendo da categoria, os atletas devem percorrer o trajeto com os esquis em paralelo (técnica clássica do cross-contry) ou com movimentos podem empurrar os esquis para trás e lateralmente;
  • Patinação Artística: Essa prova pode ser realizada individualmente ou em duplas. O objetivo é realizar uma coreografia sobre patins. Trata-se, portanto, de um esporte que une dança, patinação e música;
  • Patinação de velocidade sobre o gelo: como o próprio nome diz, trata-se de uma prova de velocidade disputada em uma pista fechada. As provas podem ser contra o relógio ou de perseguição.

 

Fonte:

https://www.torcedores.com/noticias/2022/02/guia-das-olimpiadas-de-inverno-tudo-o-que-voce-precisa-saber