Nos acréscimos, Palmeiras evita derrota no Pacaembu

No primeiro jogo em que a sua defesa foi vazada na temporada, o Palmeiras precisou dos acréscimos para empatar com o São Bento por 2 a 2, na quinta-feira (4), no Pacaembu, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Após sair na frente do placar com Gabriel Jesus logo aos 5min de jogo, o time alviverde, que contou com a estreia do volante Jean, levou dois gols ainda no primeiro tempo e só conseguiu reagir com Vitor Hugo, aos 45 minutos da etapa final.

No segundo gol do time do Interior, o zagueiro Leandro Almeida falhou ao sair jogando dentro da grande área, o que fez a torcida vaiar o camisa 44 até o apito final. A defesa do Palmeiras não sofria gols há três partidas. Com o tropeço, o Palmeiras chega a quatro pontos, na liderança do Grupo B, enquanto a equipe de Sorocaba somou dois na Grupo A.

Agora, o Palmeiras só volta a campo na próxima quarta-feira (10), quando enfrenta o Oeste, fora de casa.

Um gol logo aos 5 minutos de jogo passou a impressão de que o Palmeiras aplicaria a primeira goleada na temporada, tamanha a facilidade que o time alviverde encontrava no começo do confronto.

Na jogada, Barrios escorou lançamento de cabeça para Robinho, que deixou Gabriel Jesus livre na grande área para abrir o placar.

Após a vantagem no marcador e outros lances desperdiçados na sequência, o Palmeiras recuou e, mais relaxado na marcação, permitiu ao São Bento dominar a partida antes do intervalo. O volante Éder, que teve gol anulado em lance duvidoso de impedimento minutos antes, empatou o jogo depois de uma cobrança de escanteio, aos 33 minutos.

Aos 40min, o zagueiro Leandro Almeida saiu jogando errado na grande área e entregou a bola para Morais, que o fintou e tocou por cima de Fernando Prass, fazendo 2 a 1 para os visitantes.

O Palmeiras voltou dos vestiários com uma postura mais agressiva, com forte marcação e saída rápida para o ataque. Assim, pressionou o São Bento até o apito final. O goleiro Henal foi bastante exigido e evitou o empate do alviverde em três lances.

Na bola parada, o time da capital chegou ao empate. Aos 45 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Vitor Hugo subiu mais alto do que a defesa do São Bento e, de cabeça, selou o empate.