Nazistas receberam pensão do governo norte-americano

O governo dos Estados Unidos pagou milhães de dólares em pensães a dezenas de suspeitos de serem criminosos de guerra nazistas, após forçá-los a deixar o país, segundo investigação da agência Associated Press.

Os pagamentos foram realizados graças a uma brecha legal. Alguns dos suspeitos recebem pensão até hoje. Entre eles estão pessoas suspeitas de terem atuado como guardas em campos de concentração nazistas. O Departamento de Justiça dos EUA afirma que os benefícios são pagos a indivíduos que renunciam à cidadania americana e deixam o país voluntariamente. Mas o fato de dinheiro público ter sido usado para isso tem causado protestos. A congressista democrata Carolyn Maloney, pediu que o caso seja investigado.