NASA anuncia descoberta 11o. Planeta

A NASA (Agencia Espaácial Americana) anunáciou a descoberta dos dois primeiros planetas do tamanho da Terra orbitando uma estrela tipo-Sol fora do nosso sistema solar.

Por sua localização no sisteáma solar e a possibilidade de existir água líquida na superáfície , os cientistas acreditam na possibilidade de haver vida. A descoberta marca o próximo marco importante na busca final para planetas como a Terra. Kepler-20e é um pouco menor do que Vêánus, medindo 0,87 vezes o raio da Terra. Kepler-20f é um pouco maior que a Terra, meádindo 1,03 vezes o seu raio. Ambos os planetas estão em um sistema de cinco planetas chamado Kepler-20, aproxiámadamente 1.000 anos-luz de distância, na constelação de Lyra.

“O principal objetivo da misásão Kepler é encontrar plaánetas do tamanho da Terra na zona habitável”, disse Francois Fressin do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica, em Cambridge, Massachusetts. “Esta descoáberta demonstra pela priámeira vez que existem outros planetas do tamanho da em torno de outras estrelas, e que somos capazes de detecátá-los.” O Kepler-20 sistema inclui três outros planetas que são maiores que a Terra, mas menor do que Netuno. Kepler-20b, o planeta mais próximo, Kepler-20c, o teráceiro planeta, e Kepler-20d, o quinto planeta, a órbita sua estrela a cada 3,7 dias, 10,9 e 77,6. O sol central pertence a uma classe de estrelas do tipo G, mesmo que o nosáso Sol, embora seja ligeiraámente mais pequeno e frio. O campo de estrelas Kepler nas constelaçães de Cygnus e Lyra pode ser visto apenas a partir de observatórios terárestres na primavera. A pesáquisa é importante pois é a primeira vez que o homem encontra outro planeta habiátável além do seu.

A busca pela vida em ouátros planetas sempre foi o tema central do ser humano pela busca de suas origens. (nasa)