/Mais de 200 ton de entulho foram recolhidas nos primeiros dias do Diadema de Cara Limpa

Mais de 200 ton de entulho foram recolhidas nos primeiros dias do Diadema de Cara Limpa

O Programa Diadema de Cara Limpa recolheu, nos primeiros dias de operação, 241 toneladas de entulhos e bagulhos, no bairro Eldorado. Deste total, 201,82 toneladas são de entulhos e 39,18 toneladas de bagulhos. Para o transporte do material foram realizadas 42 viagens de caminhão. Esse volume equivale a um aumento de 50% em relação ao lixo recolhido diariamente na cidade.

A campanha, desenvolvida pelas Secretarias de Serviços e Obras e de Meio Ambiente, foi dividida em setores e ficará na região até o dia 1º/4, sendo intensificada diariamente. Dentre os locais que serão percorridos estão a Praia Vermelha, Estrada Pedreira do Alvarenga, Avenida dos Pereiras e Vila Joaninha. “Isso é muito bom. Assim, outras pessoas não vão jogar lixo e entulho no terreno dos outros”, afirma Afonso Daniel, morador da Vila Paulinia. “Já foram recolhidos mais de dois caminhães de sujeira do terreno aqui ao lado”, comenta, surpresa, a moradora do mesmo bairro, Sandra Cristina Pereira.

A Prefeitura de Diadema orienta que a população deve colaborar descartando o material apenas em dia, local e horário permitidos, de acordo com a programação de cada bairro. O morador que não obedecer ao cronograma estará sujeito à multa de até R$ 3 mil, conforme Lei 2336/04. Além da operação de limpeza, a Prefeitura também intensifica a fiscalização. Na última sexta-feira (13/3), a Fiscalização do Departamento de Limpeza Urbana (DLU), da Secretaria de Serviços e Obras, e a Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema apreenderam um caminhão modelo baú, descartando galhos e troncos de árvores na avenida Nicola Imparato, no Sítio Joaninha, no bairro Eldorado. O motorista foi liberado, mas enquadrado na Lei de Deposição Irregular de Resíduos nº 2336/04, artigo 7, parágrafo 1º, inciso III. Por fazer o despejo em área de manancial e de preservação ambiental, foi estipulada multa de R$ 6.100,00.

Investimento desperdiçado

Diadema paga R$ 90,26 por tonelada de lixo coletado. É o menor preço da região. Mas, anualmente, o município gasta R$ 3.264 milhães apenas com o recolhimento de entulhos, valor que poderia ser investido em áreas prioritárias, como Educação e Saúde, por exemplo.

A Prefeitura de Diadema orienta a população com campanhas sobre reciclagens e descartes de maneira adequada em ecopontos e avisos sobre multas, além de disponibilizar os (das 7h às 16h) e , após esse horário, para denúncias.

Em época de chuva e de aumento dos casos de dengue em todo o Estado de São Paulo, o munícipe também é estimulado a fazer a sua parte, não acumulando lixo e entulho que podem servir de criadouros de roedores e de mosquitos, como o Aedes aegypti, por exemplo.

FONTE PMD

(Visited 7 times, 1 visits today)