Grupo Ala conta ‘Mogli’, o menino lobo, no domingo

A clássica história do menino que foi abandonado na floresta e acabou sendo criado por lobos, do autor Rudyard Kipling, será encenada pelo Grupo Ala neste domingo (21), a partir das 16 horas, no palco do Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840, Bairro Santa Maria), em São Caetano do Sul, no espetáculo infantil Mogli, o Menino Lobo.

Com a adaptação de Tino Teske e apoio da Secretaria de Cultura da Prefeitura, a classificação é livre. Deixado na floresta quando bebê, Mogli foi encontrado por uma pantera, a Baguera. Sentindo imenso carinho e querendo proteger o menino, Baguera o deixa no meio de filhotes de lobo para que os lobos adultos o criassem.

Mogli crescia feliz na alcateia e convivia harmoniosamente com todos os animais. Fez uma bela amizade com o grande urso Balu e assim ele se desenvolvia, protegido por seus amigos. No entanto, um dia, o temido tigre Chericam voltou para a região da floresta e, como inimigo ancestral do homem …− por considerá-lo destruidor da natureza e dos animais, jurou expulsar Mogli da floresta.

Os bichos, pressentindo o perigo, reúnem-se e, por unanimidade, decidem que, para proteger o menino das garras do tigre, é melhor levá-lo para viver na aldeia dos homens. Chericam, contudo, fará de tudo para encontrar o menino e destruí-lo. E assim começa a real aventura dos animais para salvar o menino lobo. As entradas para a apresentação custam R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia) e R$ 20 (antecipado). Ingressos antecipados estão à venda pelo site www.grupoala.com.br e, no sábado e domingo (20 e 21), das 14 às 19 horas, na bilheteria do Teatro. Informaçães adicionais podem ser obtidas na Secretaria de Cultura, pelos .