Furacão se aproxima da costa do México no Pacífico

O furacão Jova ganhou força ontem (10), e os serviços meteoroálógicos avisaram que provaávelmente terá mais velocidaáde quando se aproximar da costa do México no Pacífico.

Com ventos máximos chegando a 195 quilómeátros por hora, o Jova já é uma tempestade de categoria três na escala Saffir-Simpson de intensidade, que tem cináco níveis. A previsão é que chegue ao México na noite de hoje (11) perto da cidade turística de Melaque, num trecho de litoral repleto de belas praias.

Perto do meio-dia o Jova estava a aproximadamente 405 quilómetros a sudoeste da cidade portuária de Manázanillo, informou o Centro Nacional de Furacães (NHC), dos EUA, com sede em Miaámi. As autoridades mexicaánas emitiram um aviso de furacão para áreas costeiras frequentadas por turistas.

O México divulgou um alerta de furacão cobrindo 320 quilómetros de sua cosáta ao sul de Cabo Corrientes até além de Puerto Vallarta, no Estado de Jalisco. O poráto de Manzanillo, que moviámenta cerca de 150 barcaáças por mês, foi fechado.

De acordo com o NHC, o furacão avança em sentido leste a cerca de nove quilóámetros por hora, e a previásão é que passe a seguir no rumo nordeste na noite desáta segunda.

A previsão é que o Jova ganhe força nas próximas 48 horas, podendo tornar-se um furacão de categoria quatro, segundo o centro.

Chuvas de até 38 cenátímetros são possíveis em partes dos Estados de Miáchoacán, Colima e Jalisco, possivelmente provocando enchentes e avalanches de lama.

“A expectativa é que o temporal produza inundaáçães costeiras importantes perto e ao leste do local onde chegar em terra”, disse um boletim. (DA REDAÇÃO)