EUA não querem mais nosso suco de laranja

Os Estados Unidos susápenderam temporariaámente a importação de suco de laranja de todos os países enquanto reaáliza testes neles. O país informou que irá destruir ou proibir produtos que contenham o fungicida carbendazim (vetado nos EUA).

De acordo com o FDA (siga em inglês para Food and Drug Administraátion), agência americana reguladora de alimentos e medicamentos, foram feitos testes iniciais em cargas trazidas do Canaádá, mas o material não continha a substância química.

A agência diz que esátudos relacionam o proáduto ao aumento do risco de tumores no fígado em animais.

O Brasil é o maior exáportador de suco de laáranja do mundo, e cerca de 15% de seus embaráques vão para os EUA. Nos mercados americaános, o produto brasileiro custa menos que o suco local.

Além disso, cerca de 80% do suco de laranja vendido nos EUA é misáturado ao suco brasileiáro, segundo Christian Lohbauer, presidente da CitrusBR (Associação Naácional dos Exportadores de Sucos Cítricos).

O Ministério da Agriácultura informou, em nota, que o governo braásileiro não foi notificado oficialmente sobre os testes de segurança feiátos pela FDA no suco de laranja brasileiro.

Segundo a pasta, o fungicida carbendazim é usado há 21 anos nas laávouras de citros — laranja, limão, lima e outros — e a quantidade segue o limiáte estabelecido pelo Coádex Alimentarius (código internacional de referênácia para a segurança dos alimentos).