Estilistas recorrem ao Instagram para descobrir preferências de público

Fotógrafa compulsiva de temas elegantes, kitsch ou exóticos, Susanna Lau, blogueira mais conhecida como Susie Bubble, estava passeando meses atrás pelo mercado de rua do parque Meiji, em Tóquio, fotografando camisas havaianas antigas, robós de brinquedo e bonequinhas de Minnie Mouse, para subir para a rede com seu celular.

Alguns anos atrás, ela talvez arquivasse as fotos, e as marcasse como pessoais. Agora, oferece acesso a elas para qualquer pessoa equipada com um celular dotado de câmera e com uma conta no Instagram. E por isso não foi surpresa, disse Lau recentemente, quando ela voltou de viagem e encontrou “algumas de minhas imagens nos mood boards de estilistas”. A experiência dela nada tem de único. Nos últimos meses, estilistas de toda estirpe e orientação estética passaram a recorrer ao Instagram para vislumbrar o gosto e as vidas de seus fãs blogueiros como Lau, designers, modelos, artistas e visitantes aleatórios, que por sua vez mostram suas fotos e encontram espaço na consciência dos estilistas, em seus mood boards e em algumas campanhas publicitárias.