Donisete se reune com o Estado sobre Poupatempo

O prefeito de Mauá Donisete Braga e o subsecretário de Tecnologia e Serviços ao Cidadão do Governo Estadual, Julio Semeghini, reunem-se na próxima quinta-feira (11), no Palácio dos Bandeirantes, para acertar o cronograma de funcionamento do Poupatempo de Mauá.

De acordo com o prefeito, o subsecretário se comprometeu a fazer esforços para que o Poupatempo comece a prestar alguns serviços do estado, entre eles o da Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito), até que a questão jurídica que envolve a contratação de empresa terceirizada para a gestão geral do equipamento tenha um desfecho.

A Prefeitura, que também levará serviços públicos para o local, deverá iniciar em breve o chamamento de cerca de 40 servidores aprovados no último concurso, realizado em 2014, para trabalhar na unidade. Serão contratados agentes e assistentes administrativos. A contratação dos demais funcionários é de responsabilidade da Prodesp, órgão ligado ao Governo do Estado de São Paulo. A Prefeitura fez sua parte cedendo o terreno e custeando o projeto executivo.

As obras estão prontas há seis meses, no entanto a inauguração não ocorreu ainda porque a licitação para escolha da empresa que vai operar a unidade está parada na Justiça.

No local, que contará com cerca de 16 guichês, será possível realizar serviços como consultas sobre débitos, emissão de certidães, entrada de recursos, solicitação de englobamento e desmembramento de áreas e retirada de entulhos, entre outras açães.

Serviço O Poupatempo de Mauá está sendo construído em terreno de 10,8 mil m² cedidos pela Prefeitura, localizado na região central da cidade, na Rua Cineasta Glauber Rocha, Jardim Cerqueira Leite.

A área construída será de 3.015 m², além de posto do Acessa-SP, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Emprego e Relaçães do Trabalho e Ciretran, o equipamento vai disponibilizar uma série de serviços da Prefeitura, o que vai facilitar ainda mais a vida da população.