Depilação a laser: tratamento eficaz para acabar com a barba e irritações na pele

Para alguns barba é sinónimo de charme. Para outros, é um incómodo diário. Além do tempo dispensado para “fazer” a barba, as lâminas e barbeadores elétricos podem provocar irritaçães na pele, coceira e até mesmo encravar os pelos. Mas nem tudo está perdido! Os homens que não abrem mão de fazer diariamente a barba, podem optar pelo tratamento de depilação a laser para acabar, de maneira gradativa, com os pelos indesejados.

Segundo a dermatologista Maria Kotzias, da MK Derma em Curitiba (PR), a depilação a laser garante um barbear quase definitivo, pois com as sessães frequentes do tratamento, os pelos demoram a crescer. “São os benefícios da modernidade. Para quem não gosta de barba, cuidar diariamente dela pode ser uma tarefa exaustiva. A lâmina, além de irritar a pele e provocar alguns cortes, faz com que o pelo cresça na mesma direção da pele, causando obstrução e inflamação dos folículos. Enquanto isso, o laser elimina a maioria dos pelos, amenizando a espessura dos fios e evitando processos inflamatórios e irritaçães”, explica Kotzias.

O tratamento consiste na intensidade da luz que é regulada para destruir o pelo. A energia disparada retarda a capacidade do folículo de produzir um novo fio e os pelos passam a crescer em menor quantidade, cada vez mais lentos. “Os resultados dependem de pessoa para pessoa. Levamos em conta o tipo da pele, o tom da pele e a cor do pelo para indicar a quantidade de sessães. Isso é fundamental, pois o tipo da luz utilizada no laser é absorvido pelo pigmento encontrado nos pelos”, explica a dermatologista.

Para quem deseja este tratamento, a primeira dica é pesquisar uma boa clínica, com equipamentos seguros e de alta tecnologia para realizar o tratamento. “Apesar de ser um tratamento simples, é preciso ter muito cuidado na hora de escolher a clínica e o profissional que vai realizar as sessães, pois algumas orientaçães e recomendaçães importantes precisam ser feitas para a segurança e o sucesso do tratamento. Além disso, outra recomendação fundamental é evitar a exposição solar antes e após as sessães também é fundamental para bons resultados”, finaliza Dra Maria.

Site: www.mkderma.com.br

Fonte: Caroline Michel / Pontuale Comunicação & Marketing J