Como fazer uma reeducação alimentar?

reeducação alimentar

Reeducação alimentar é o conceito onde reeducamos o plano de alimentação, com novos hábitos, conceitos e aprendizados.

Diferentemente de “dietas milagrosas”, a reeducação alimentar tem o objetivo de inserir, de forma funcional, novas práticas saudáveis, atendendo a demanda e necessidades individuais de cada pessoa.

Nesse texto você pode conferir como começar uma reeducação alimentar, algumas dicas e de que forma vai te ajudar no seu dia a dia.

O que é reeducação alimentar?

A reeducação alimentar envolve todas as ações diárias, e entra com o objetivo de moldar todas essas ações para melhor, com hábitos mais saudáveis.

Isso influencia diretamente na alimentação, nos horários das refeições, e no cardápio alimentar escolhido no dia.

Reeducação alimentar não é só sobre emagrecimento, visa também solucionar doenças, como hipertensão, e assegurar a conservação da saúde física e também mental.

Como funciona a reeducação alimentar?

Uma reeducação alimentar não significa cortar todos os alimentos que você gosta, porém, inserir de melhor forma para organização de quantidade no dia a dia.

No começo, as mudanças podem parecer um pouco difíceis, porém, aos poucos, transformando-as em hábitos, se torna mais fácil.

Existe milhares de formas de reeducação alimentar. A melhor maneira de fazer é com o auxílio de um nutricionista, pois irá adaptar o cardápio para as condições e objetivos do paciente.

Corpo X Mente

Corpo e hábitos estão diretamente ligados com a mente.

Tanto a falta de sono como o estresse aumentam o apetite por alimentos, doces e salgados. Isso está relacionado com os níveis de cortisol elevados que gastam as reservas de glicose e causam os desejos.

O estresse e a ansiedade têm efeitos na ganha de peso e na saúde, as doenças precoces estão cada vez mais em evidência.

A introdução de novas práticas alimentares serve para minimizar esses sintomas e as consequências que causam

Hábitos saudáveis além das refeições

O estilo de vida mais saudável caminha junto com mudanças alimentares. Exercícios físicos, descanso regulado, atividades de lazer e prazerosas, esse combo é necessário além da alimentação.

Você não precisa estar matriculado em uma academia para se tornar saudável, se preferir, faça coisas mais leves, como caminhadas, aulas de dança, pedaladas, pilates, natação.

Saiba o momento de parar e descansar, aprenda a ser sua melhor companhia.

O momento de lazer é essencial no tempo livre, ir ao cinema, sair com os amigos, dar um tempo com a família, coisas que te deixam relaxados e feliz.

Reeducação alimentar é barata?

Inúmeros pratos completos e saudáveis são compostos por comidas boas e baratas, são inúmeras as opções de como se alimentar bem sem precisar ser um chef de cozinha ou não gastando muito.

Priorize refeições simples e fáceis de encontrar, alimentos em épocas de safra são mais baratos.

Escolha receitas com base na sua descrição, com pouca gordura, pouco sal e pouco açúcar. Priorize alimentos que você consiga fazer diferentes pratos com o mesmo ingrediente.

Como começar a reeducação alimentar?

A forma de começar uma reeducação alimentar não é exata. Por isso é importante consultar um profissional. Alguns hábitos são mais indicados, entendam:

  • Faça da água sua melhor amiga, pelo menos 2 litros por dia
  • Não beba líquidos durante as refeições
  • Alimente-se devagar, faça uma pausa entre uma porção e outra
  • Elimine alimentos que sejam de origem processada ou com ingredientes desconhecidos
  • Faça suas refeições em ambientes calmos, em que não haja muita distração
  • Crie o hábito de cozinhar, seja em casa, ou na de alguém, dessa forma você ganha consciência de alimentação
  • Organize seus próprios alimentos em casa
  • Não pule nenhuma refeição
  • Coma pelo menos 1 fruta por dia

Atenção para reeducação alimentar

A reeducação alimentar é extremamente recomendada para um novo plano de alimentação, porém, cuidado com o exagero de informações. Atente-se em por limites ao seus prazeres dentro de uma rotina saudável.