Celio Boi segue no PSB mesmo após nova executiva

A nova comissão provisória do PSB de Diadema finalmente foi atualizada no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), confirmando que a presidência está a cargo do secretário de Educação e Governo, Marcos Michels. Com a mudança, havia a expectativa sobre a saída do único vereador do partido, Célio Lucas de Almeida, o Célio Boi, que tem feito forte oposição ao prefeito Lauro Michels (PV) na Câmara. Apesar disso, o socialista diz que fica na legenda.

Logo que surgiu a possibilidade de Marcos Michels …− que, além de secretário do governo, é primo do prefeito …− assumir o partido, o vereador procurou desqualificar as informaçães veiculadas na imprensa. Havia, por parte de Celio Boi, a esperança de que a legenda ficasse na oposição e apoiasse o projeto majoritário do vereador e pré-candidato Wagner Feitoza, o Vaguinho do Conselho (PRB), que deixou o PSB depois de 18 anos e é amigo de Boi.

Ao decidir permanecer enátre os socialistas, Celio Boi deve ver aumentar seu isolamento. Oficialmente, a fala do parlamentar é que essa situação vai “se encaixar com o tempo” e que, quando chegar a hora da campanha, vai decidir que posição tomar.”Estou acostumado a trabalhar com atrito. As coisas se acalmam e se resolvem com o tempo”, pontuou. Questionado sobre a possibilidade de apoiar o governo, em detrimento das declaraçães de apoio já feitas a Vaguinho, Célio Boi afirmou que, no momento, não vê essa possibilidade, mas que “o futuro a Deus pertence” e “tudo pode acontecer”.

Para pessoas próximas à nova composição da comissão provisória do PSB de Diadema, entre as quais permaneceu apenas o ex-presidente Manuel José da Silva, o Adelson, a permanência de Celio Boi é insustentável. Os relatos dos militantes dão conta de que há o sentimento de que o vereador permanece na sigla apenas para tumultuar o ambiente e que, quando se aproximar da eleição, vai forçar a expulsão para poder trocar de partido sem perder o cargo. Existe também a resistência de pré-candidatos …− que tem até 2 de abril para se filiar e estar aptos a disputar a eleição em outubro …− de aderir ao partido enquanto Celio Boi estiver no ninho socialista. “Muitos falam que não querem ajudá-lo a se eleger depois de todo tumulto que causou. É uma situação constrangedora e que não pode levar muito tempo para se resolver”, afirmou uma fonte.