Casa da Economia Solidária inaugura Ecoloja

Com foco na sustentabilidade e, ao mesmo tempo, visando oferecer um lugar de descanso para os clientes, a Secretaria de Desenvolvimento Económico e Trabalho, por meio da Casa da Economia Solidária, abre mais um espaço no Shopping Praça da Moça.

Cedida gratuitamente pelo shopping, a Ecoloja foi inaugurada, na última semana, com o objetivo de levar ao público mais informaçães sobre ecologia e, também, a reutilização de alguns materiais, evitando o descarte desnecessário.

Sem produtos para comercialização, o ambiente disponibiliza aos visitantes um espaço aconchegante, com sofás e poltronas para descansar, voltado para quem quer conversar ou apenas ler um livro.

Hortas suspensas com garrafas pet, plantas, pedras e madeiras picadas reproduzindo uma trilha e, sofás e poltronas produzidos com pallets pelo Projeto Okawango, também da Casa da Economia Solidária, trazem ao ambiente o conceito de respeito ao meio ambiente e sustentabilidade que a loja propãe ao público. Além disso, cartazes com mensagens sensibilizando a população incentivando a reutilização de materiais também integram a decoração do espaço. “A Ecoloja é um espaço de convivência criado para proporcionar aos consumidores momentos de bem estar e reflexães sobre açães sustentáveis e mudanças de hábito em prol da preservação ambiental” afirma o gerente de Marketing do Shopping Praça da Moça, Danilo Senturelle.

Espaço Social da Economia Criativa Além desse espaço, o shopping conta com outra loja desenvolvida pelo Fundo Social de Solidariedade, em parceria com a Casa da Economia Solidária. O Espaço Social de Economia Criativa, inaugurado em setembro de 2015, conta com uma decoração que também usa o conceito de sustentabilidade e reutilização de materiais. Luminárias feitas de PET e móveis confeccionados com troncos de árvore, pneus e pallets de madeira são exemplos disso.

O espaço ainda oferece um ambiente para leitura e troca de livros, oficinas grátis de artesanato e educação ambiental, além de funcionar como ponto de coleta de materiais recicláveis utilizados na confecção de produtos vendidos no Espaço.

Parte da renda obtida com a venda dos produtos é destinada ao Fundo Social para aquisição de itens utilizados nos cursos profissionalizantes, oficinas e açães sociais promovidos gratuitamente aos moradores da cidade.

Casa da Economia Solidária A Casa da Economia Solidária foi criada para abrigar os projetos da Incubadora Pública de Empreendimentos Populares Solidários (IPEPS) já existente, como Unimita (associação de construção civil), Okawango (recuperação de estofados e móveis), costure bem, carrinho de churrasco, milho e tapioca, projetos Bem Viver Reciclar faz bem, cooperativa de materiais recicláveis, feira de economia solidária e artesanato, associação de deficientes visuais …− massagem corporal em feiras e empresas.

Serviço: Ecoloja Shopping Praça da Moça. Rua Graciosa …− Centro, Piso Araucária Fundo Social de Solidariedade de Diadema Paço Municipal. Rua Almirante Barroso, 111 …− Vila Santa Dirce. Tel.: . Casa da Economia Solidária Rua Professor Evandro Caiaffa Esquivel, 127 …− Centro