Calendário Bolsa Família 2022

calendário bolsa família 2022

Para sacar o benefício do bolsa Família, o beneficiário deve conhecer o calendário bolsa Família 2022, pois contém todas as informações sobre as datas a respeitar para o saque desse valor. Para que cada beneficiário do bolsa família 2022 saber quando recolher seu benefício, este programa disponibiliza o calendário bolsa família 2022.

Este calendário acompanha algumas mudanças todos os anos, então você precisa ver quais calendários são válidos para aquele ano. O documento com o calendário está disponível online diretamente no portal da caixa Econômica Federal ou presencialmente nas agências da caixa Econômica Federal.

Para saber a data prevista para o saque do seu benefício no programa você deve saber o seu número NIS. É justamente o último dígito desse número que serve para identificar os beneficiários para a atribuição da data de retirada do auxílio.

Calendário Bolsa Família 2022: Quem tem direito?

Assim como o Bolsa Família, o novo programa tem uma classe de renda que restringe o acesso às famílias que não são elegíveis ao programa. A seleção é baseada em uma avaliação da pobreza, o número de famílias atendidas em cada município e o orçamento restringido do projeto.

Para acessar os benefícios que o bolsa Família oferece, você deve atender a determinadas condições. Somente aqueles que atendem aos requisitos abaixo descritos podem se inscrever no bolsa Família:

  • Estar na pobreza como uma família. Ou seja, a renda média mensal de cada família é de 89,01 a 178,00 reais.
  • Estar em extrema pobreza. Ou seja, revele a renda familiar de cada membro não superior a 89,00 reais.

Vale lembrar também que para acessar o bolsa Família é preciso estar cadastrado no CadÚnico. E famílias com renda abaixo de 85 reais também receberão assistência adicional para sustentar suas despesas familiares.

Qual o Calendário bolsa Família 2022?

O Bolsa Família foi substituído pelo Auxílio Brasil, instituído em novembro de 2021. O Auxílio Brasil 2022 será custeado entre 18 de janeiro e 23 de dezembro. O pagamento final da Bolsa Família foi efetuado em 29 de outubro de 2021, 18 dias após a sua constituição.

Segundo o Ministério da Economia, 14,6 milhões de famílias brasileiras foram atendidas pelo bolsa Família com um benefício médio mensal de R$ 191.

Na ocasião a expansão do novo programa incluiu os elegíveis que estavam na lista de espera em 2021. O sétimo pagamento deste ano, que acontecerá entre os dias 18 e 29 de julho de acordo com o calendário bolsa família 2022, chegará a 18,13 milhões de brasileiros, batendo o recorde de maior número de beneficiários da história dos programas de transferência de renda do governo federal.

Quanto vale calendário bolsa família 2022?

Entre agosto e dezembro de 2022, o valor é de R$ 600,00 devido à aprovação da PEC Kamikaze. O valor médio do bolsa família em julho de 2022 é de R$ 408,80, com mínimo de R$ 400 e máximo de R$ 600 por domicílio.

O programa foi criado em novembro de 2021 para substituir o bolsa Família, com valor máximo de R$ 400.

A Caixa anunciou que o programa começaria a ser remunerado a partir de 17 de novembro de 2021, com as mesmas regras adotadas pelo bolsa Família, programa anterior. O valor remunerado é um rendimento no valor médio (novembro/2021) de R$ 224,00, mais um medida temporária que eleve o valor restante até R$ 400,00. A oposição do governo Bolsonaro na câmara dos Deputados quer aumentar o valor para R$ 600,00 em 2023. O governo federal é contra a proposta, argumentando que se o valor for aumentado, o programa se tornará insustentável. O valor para o próximo ano está fixado em R$ 400,00.

Calendário bolsa família 2022: História do Auxílio Brasil

Em julho de 2020, o ministro da Economia, Paulo Guedes, propôs um novo projeto para substituir o bolsa Família e outros projetos sociais. Chamado de “Renda Brasil”, esse programa é caraterizado por uma única política de renda básica que combina uma variedade de programas sociais, como o auxílio emergencial, pago durante a pandemia de COVID-19, e outros auxílios emergenciais pagos em caso de desastre.

A oferta também proporcionou um aumento no valor dos benefícios pagos pelo bolsa Família. No entanto, em 15 de setembro do mesmo ano, o presidente Bolsonaro anunciou o abandono da criação do programa devido à dificuldade de obter meios para financiá-lo. A “Renda Cidadã” foi criada em 28 de setembro de 2020. Propõe obter recursos a partir da utilização de recursos aplicados para pagamento da dívida pública após decisão judicial e destinar parte do aumento de recursos do Fundeb para o novo programa.

A MP 1061/21 publicada em 9 de agosto de 2021, que entrou em vigor 90 dias após a emissão e substituiu o bolsa Família. Em 20 de outubro de 2021, o governo federal anunciou o Auxílio Brasil, prometendo pagamentos mensais de 400 reais até 2022 e um reajuste permanente de 20% no valor custeado pelo bolsa Família.

A MP foi confirmada pelo Congresso em 25 de novembro de 2021 e pelo Senado em 2 de dezembro de 2021. A aprovação da PEC dos Precatórios abriu um espaço orçamentário estimado em R$ 106 bilhões no orçamento da União de 2022 para remunerar aos beneficiários do Auxílio Brasil em R$ 400 por mês até o final de 2022.

Através de troca do calendário bolsa família 2022, o governo transferiu automaticamente 14,6 milhões de beneficiários do bolsa Família para o novo programa. Assim, em novembro e dezembro, as famílias continuaram recebendo os benefícios sem precisar de um recadastramento. Em janeiro de 2022, o governo anunciou a inclusão de mais 3 milhões de famílias no Auxílio Brasil.

Com a aprovação da PEC dos combustíveis pelo congresso, o governo pretende expandir o programa para cerca de 20 milhões de domicílios e elevar o valor do Auxílio Brasil para R$ 600.

O governo também confirmou que o calendário bolsa Família 2022 deixou de existir em novembro. O depósito final do programa foi feito em outubro do pagamento do Auxílio Emergencial 2021; mais de 10 milhões de beneficiários receberam a 7.ª e última parcela este mês e 5 milhões receber o montante normal do programa original. E agora o programa é Auxílio Brasil.

 

Fonte: https://calendariobolsafamilia2022.net.br/