Bolsa de São Paulo desaba 6% após reeleição de Dilma

A Bolsa de Valores de São Paulo caía 6% na abertura do pregão nesta segunda-feira, no dia seguinte à reeleição da presidente, Dilma Rousseff, no segundo turno.

Poucos depois da abertura, a bolsa desabava 6%, a 48.823 pontos. O real também caiu 3,9%, frente ao dólar, cotado a 2,55 unidades. Na sexta, o real fechou com alta de 1,99%, e a bolsa ganhou 2,42%, depois de acumular uma queda de 6,7% durante a semana.

Fonte: AFP / Yahoo!