BMW X1 evolui com nova geração, mas suspensão ainda precisa amolecer 1

O SUV da BMW está mais gostoso de se guiar. Ágil e disposto em retomadas e saídas de farol, o câmbio automático de oito marchas é essencial para a vitalidade do modelo.

UOL Carros teve a oportunidade de provar, em trechos de cidade e estrada, como se comporta dinamicamente a nova geração do SUV, que deixou de lado a tradicional tração traseira para adotar, por meio de sua nova plataforma, tração dianteira (integral nas versães mais caras) em favor de maior espaço interno.

FONTE UOL