Austrália acusa Rússia de obstruir acesso

A ministra das Relaçães Exteriores da Austrália, Julie Bishop, acusou a Rússia nesta quinta-feira de interferir nas tentativas da equipe internacional de investigação para ter acesso ao local onde estão os destroços do avião da Malaysia Airlines que foi abatido no leste da Ucrânia.

Os combates entre as tropas ucranianas e os rebeldes pró-Rússia impediram, em quatro ocasiães, que o grupo de especialistas australianos e holandeses tivesse acesso aos destroços do MH17 onde, segundo a ministra australiana, ainda pode haver restos mortais de 80 das 298 pessoas que viajavam a bordo da aeronave.

Julie Bishop disse que os combates continuam apesar das promessas de vários dirigentes políticos para criar um corredor humanitário.