Ataque atinge 11 veículos do comboio de Gaddafi

Um avião da Otan atingiu 11 veículos de um comboio que transportava o ex-líder líbio Muammar Gaddafi durante sua fuga de Sirte na última quinta-feira (20), mas a Otan não sabia que ele estava no comboio, disse a organizaáção em comunicado divulágado anteontem (21).

O relato da Otan sobre o ataque aéreo que contribuiu para a captura e a morte de Gaddafi sugere que o comáboio era bem maior, e mais veículos foram atingidos, do que o informado anteriorámente.

O avião da Otan atingiu 11 veículos militares das foráças pró-Gaddafi que comápunham um grupo maior de aproximadamente 75 veícuálos que se deslocava perto de Sirte, disse um comunicaádo da Otan.

“Esses veículos armados estavam deixando Sirte em alta velocidade e estavam tentando forçar o caminho ao redor da cidade”, disse o comunicado.

“Os veículos estavam transportando quantidades substanciais de armas e muániçães, apresentando uma ameaça significativa à popuálação civil local. O comboio foi atingido pelo avião da Otan para reduzir a ameaça.”

O comunicado disse que inicialmente apenas um dos veículos foi completamente destruído, e que isso resulátou na dispersão do comáboio.

Depois da intervenção, o grupo de aproximadamente 20 veículos continuou em alta velocidade em direção ao sul e continuava apresenátando uma ameaça signifiácativa.

“A Otan realizou outro ataque aéreo contra esse veículos. A avaliação pós-ataque revelou que aproáximadamente 10 veículos pró-Gaddafi foram destruíádos ou danificados”. (DA REDAÇÃO)