Arte Urbana é um projeto que valoriza os paques da cidade de São Caetano

Quem tem o hábito de caminhar no Espaço Verde Chico Mendes e no Parque Catarina Scarparo D”Agostini já está acostumado com os assobios dos pássaros que habitam os dois parques municipais.

Os sons de bem-te-vis, sabiás, entre outras espécies são ouvidos constantemente pelos frequentadores. Mas agora esta trilha sonora ganhou imagens. A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul foi responsável pela instalação de um mural no túnel de acesso entre as duas áreas de lazer. De autoria do artista Thiago Vaz, a obra foi inaugurada no último sábado (30).

No trabalho, que tem cerca de 40 metros de comprimento, pássaros como bem-te-vi, carcará, tucano e sanhaço ganham vida em pinturas alegres e coloridas.

O tema, sintonizado com o local, foi cuidadosamente estudado pelo artista.

“Observo o comportamento dos pássaros há muito tempo, principalmente dos bem-te-vis. Percebi que eles têm uma organização social própria, agrupam-se em horários determinados, marcam território.”

Este estudo justifica as demarcaçães no mural feitas por Vaz, indicando Território A, Território B e Fronteira, que sugerem a divisa entre os dois parques.

Para a presidente da Fundação Pró-Memória, Sonia Xavier, além de ser uma representação de arte, o mural é “uma ferramenta de preservação do espaço urbano e também de conscientização quanto à preservação da natureza”.

O artista O trabalho de Thiago Vaz já é reconhecido nacionalmente. Morador de Ribeirão Pires, veio para o ABC aos 5 anos de idade. É graduado em comunicação social pela Instituição de Ensino Superior Faculdade Editora Nacional. Após a conclusão do curso, desenvolveu vários trabalhos para agências de publicidade. Ele já grafitou muros de diversas cidades e participou de cursos e exposiçães cujo mote era a arte urbana.